Sexta Dimensão , Fotografia: memórias da infância , Fotografia , Memórias , Pessoal ,

Fotografia: memórias da infância


Aqui vai um post talvez um pouco diferente do habitual, mas que estava sendo planejado faz um tempo. Talvez alguns pensem que não se encaixa no nicho do blog, mas isso está errado. Aqui é onde tudo se encontra, lembra? É a teoria da sexta dimensão. E eu AMO fotografia, não vou deixar de colocar aqui no meu blog querido.

E esse também é um post bem pessoal pra mim, e não tenho costume de fazer isso, então esse aqui é um exceção. Isso porque quero compartilhar essas memórias da infância que tenho com vocês. Felizmente tive uma infância muito boa e sou grato por isso. Já que hoje é dia das crianças juntei o útil ao agradável. 

Eu não sou o cara da fotografia, mas tento treinar o máximo do meu jeitinho enquanto ainda não tenho um equipamento fodão. O que me inspira são muitos blogs de vocês que eu visito e tem cada foto maravilhosa!! Enfim, vamos ao que interessa:


Essa primeira foto aí em cima representa os meus filmes, desenhos e séries da infância. Tava com muita claridade e teve muito reflexo, não deu pra deixar sem 😕


Esses são alguns dos meus bichinhos de pelúcia que eu amo muito até hoje. São uma parte muito pequena do tanto de brinquedo que tive e que tenho guardados ainda. O do meio é o Fedor, ele era meu favorito, dá pra ver pelos retalhos que ele já passou por muita coisa, né?


Aqui algumas memórias fotográficas, e são só algumas mesmo, porque tem vários álbuns aqui cheio de fotos importantes que são muito queridas. ♥ Ali inclusive, dá pra ver o Joe, dog da família que nos deixou quando eu era pequeno. Nós jamais te esqueceremos!

Abaixo, pra finalizar, tem várias fotos dos meus livrinhos que abriram pra mim o mundo da leitura! Eles me influenciaram positivamente e apesar de eu ter sido uma criança que riscava tudo e por isso eles estão meio acabados, tive a oportunidade de começar a ler através deles. Infelizmente ta faltando aí o primeiríssimo livro que li e que é muito querido meu, "O Balaio do Caio", que procurei em todo lugar e não achei. Onde quer que ele esteja, espero que esteja bem.





Espero que vocês gostem desse tipo de post, porque eu adorei fazer! E convido vocês a fazerem o mesmo, peguem as memórias de vocês da infância e façam umas fotos pra simbolizar essa fase das nossas vidas. 💝

5 comentários:

  1. Sempre gosto das suas matérias, mas essa eu amei mais ainda! Achei muito gostoso saber um pouquinho mais do Yuri criança, e fiquei muito surpresa de você ainda guardar tanta coisa dessa época <3 eu fui uma adolescente meio desprendida da matéria e doei muita coisa de quando eu era criança, e me arrependo até hoje. Sem contar que eu me mudei de casa com 10 anos e muitas coisas se perderam, como minha coleção de tazzos (sinto um aperto no coração até hoje quando lembro disso :/).

    Enfim! Ahahaha
    Amei as fotos, a nostalgia que elas trouxeram, e fico feliz por você ter sido uma criança feliz e ter guardado com muito carinho essas lembranças tão fofas <3

    Beijos, Yuri!

    ResponderExcluir
  2. Oie!

    Que delicia de post! Recordar as coisas boas da infância é sempre muito bom! E eu adoro esse tipo de matéria, onde podemos conhecer um pouco mais sobre a vida dos blogueiros (sério, faça mais vezes <3).

    Quando eu era pequena, o primeiro livro que eu me lembro de ter lido sozinha foi "A Família Canguru". Tenho ele até hoje e o guardo com muito carinho (espero que você encontre o exemplar do seu livro perdido).

    Eu também adorava assistir desenhos, o meu preferido sempre foi O Rei Leão. E eu tenho vários dos meus brinquedos de quando era criança (mas nas minhas férias eu pretendo fazer uma baita limpa e doar a maioria deles - quero ficar só com os que possuem algum valor extremamente sentimental para mim).

    E pra finalizar: os álbuns de fotos (espero não ter me esquecido de nenhum tema do post). Lá em casa nós temos muitos álbuns também, outro dia mesmo eu estava vendo um de uma sessão de fotos que meus pais fizeram comigo e com meu irmão quando éramos pequenos... Ai, ai, ai que tempo bom! Assim que tiver uma oportunidade, vou tentar digitalizar as fotos - assim elas não se perdem com o tempo.

    Enfim, não poderia deixar de dizer que adorei as fotos que você tirou. Não pense que elas ficaram ruins (o problema da luz foi algo pontual, mas se você não tivesse comentado, eu teria passado batido). Espero ver mais posts com fotos suas por aqui :-)

    Beijos e bom fim de semana! <3

    www.procurei-em-sonhos.com

    ResponderExcluir
  3. Que post mais fofo, Yuri! Adoro descobrir as coisinhas que fizeram parte da infância dos outros, é como se viajássemos no tempo.

    Por aqui não tenho muita coisa, pois a maioria nós doamos, mas ainda tenho dois livrinhos que foram muito especiais para mim, além das fotografias que recheiam álbuns e mais álbuns. haha

    ResponderExcluir
  4. Adorei esse post. É tão bom relembrar a infância...Uma pena que não tenho quase nada material, além de fotos. Minha mãe sempre foi muito desapegada e doava tudo (o que nem é ruim). Adorei

    Carol Justo | Pink is not Rose

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ps.: eu gostei muito das fotos que você tirou, de verdade <3

      Excluir