Sexta Dimensão , O maravilhoso mundo dos memes e gifs da internet , Artigos , Internet ,

O maravilhoso mundo dos memes e gifs da internet


Há quem diga que a produção de memes é a única instituição que funciona direito nesse país. E realmente não me parece uma declaração equivocada. Até mesmo nos piores momentos, como derrotas da Copa do Mundo e situações políticas complicadas o pessoal não para de fazer memes e gifs pra jogar na web logo em seguida. Vamos conhecer mais sobre esse maravilhoso mundo dos memes e gifs da internet.

Qualquer coisa pode virar um meme ou um gif e o essencial é ser naturalmente engraçado ou que entretém de alguma forma. Mas é importante notar que não se pode "forçar" uma coisa a se tornar um meme, ela acontece quase que naturalmente. Celebridades, filmes, séries, conteúdo postado na internet... existem gifs e memes de muitas coisas que você possa imaginar.

Uma estrela que brilha, brilha, brilha...
Desde os memes mais clássicos surgidos de vídeos virais do Youtube, comerciais, etc, a variedade é enorme. Uma parte, porém, chama bastante atenção e domina a internet: a comunidade gay é mestre em criar e disseminar conteúdo com facilidade. Transformam sub-celebridades em sucessos online, criam gírias que passam a serem usadas no dia a dia e muito mais. As criações não param e são de vários tipos partindo do mainstream até os nichos mais underground da web.

Pra muita gente as frases viralizantes originárias dos memes colam no vocabulário e ficam por bastante tempo até que elas saturem. É um ciclo. Entretanto, muitas coisas são atemporais como a Gretchen e tendem a permanecer. Até mesmo se popularizam de tal forma que se firmam pra sempre. É o poder da internet.


Por falar em poder da internet, foi ele que reviveu a carreira da Gretchen. A cantora acabou se tornando referência quando se fala no assunto. Seus gifs e memes são os mais famosos por toda a internet, tomando até mesmo destaque e conhecimento internacional, o que chamou atenção de Katy Perry, que convidou a rainha do bumbum para o lyric video da canção "Swish Swish" e para participar de um show lotado em São Paulo. Gretchen não só voltou para os holofotes, como se beneficiou com isso lançando uma coleção de camisas com seus memes. Empreendimento é tudo, né mores?

Quem é usuário ou acompanha fóruns de entretenimento como a BCharts, Pandlr e grupos polêmicos como o LDRV, sem dúvidas são os que mais facilmente se antenam nos últimos memes, gifs, etc, essencialmente se tratando de divas pop. Impossível frequentar esses espaços sem conhecer fatos icônicos como Roar x Applause, a batalha dos singles de Katy Perry e Lady Gaga pelo sucesso, Lotus Tour, a famosa turnê de Christina Aguilera que nunca aconteceu, além de termos como amore, fada, anotado, ícone, nega, entre tantos outros. Geralmente tudo nasce a partir desses espaços, para então se espalhar por aí.

Glória Maria, Nicole Bahls (que usa seus próprios gifs e memes no Twitter), Inês Brasil, a webdiva Tulla Luana, o reality show Glitter: Em Busca de um Sonho, BBB, A Fazenda, personagens como Débora, Nazaré e Carminha, vídeos virais... tudo isso já fez e faz um barulho na timeline da galera. É impossível tentar citar tudo. Aliás, estimulam a produção de uma variedade de MAIS memes, gifs e ainda, obras audiovisuais, criando um inception de memes.

A personalidade da Rata Records surge de um meme e viraliza.
Algumas personalidades, além de celebridades, já fizeram sucesso nas redes sociais com vídeos musicais adaptados pela incrível Rata Records. As obras incluem vídeos que viraram memes modificados com músicas populares. JC Silva, o ícone humorístico por trás da Rata, perguntado por mim sobre o que o levou a produzir essas obras responde: "Por uma questão de carência de conteúdo artístico qualificado, em meio a tanto chorume duvidoso, principalmente na comunidade memeísta gay." Ele ainda completa que o fez por uma questão de estudo, se qualificando profissionalmente com as ferramentas de trabalho enquanto se diverte muito. "Para quem acredita que sou uma vagabunda que fica defecando arte descartável na web, sim, os meus produtos me profissionalizaram."

Mas a Rata acabou se metendo em confusão por direitos de imagem devido ao uso de takes dos vídeos de uma youtuber citada nesse post. A página do Facebook foi tirada do ar e os vídeos removidos. O ato brusco do strike pela youtuber foi mal visto pelos seguidores da página e considerado censura. Hoje a presença de Rata nas redes é vista como perseverança. "A censura na web promovida pela youtuber serviram como uma forma de resistência e busca dos meus direitos como artista. A liberdade de expressão é primordial. Lutamos tanto para conquistar a democracia para nos entregarmos de mão beijada."


E como já falado anteriormente, uma das diversões que também rendem na web é a "fabricação" de gifs. Eles começaram a se popularizar na época do Orkut e MSN, mas nos anos seguintes começaram a ter grande uso nos fóruns BCharts e Pandlr. Os usuários usam os gifs como um complemento para as discussões, sempre dando um toque de humor. Afinal, os gifs produzidos preferencialmente precisam ter pelo menos um "q" humorístico. É quase como uma regra.

Os gifs se tornaram tão populares que começaram a surgir páginas "especializadas" neles. Atualmente a maior delas é a Spotgif. Através de mídias sociais e de sua plataforma com milhares de gifs, a Spotgif fomenta a emergente indústria gifística trazendo alegria, humor e entretenimento para os internautas.

Eu mesmo sou um produtor de gifs e sempre que posso e/ou alguém me pede acabo fazendo uns gifs que entram em circulação nos fóruns ou na Spotgif. É um trabalho divertido e recompensador quando você percebe que as pessoas realmente curtiram.

Meu amor, eu sou professora de dança!
"Pra mim produzir gifs e memes não é só uma forma de linguagem e comunicação como também uma forma de entreter, fazer as pessoas mais felizes", relatou o dono da @zonegif, conta que vêm crescendo exponencialmente no Twitter através da publicação de gifs e tweets despretensiosos.

Realizada pela primeira vez em 2018, existe a premiação Spotgif Awards, que reconhece os gifs e memes (estáticos) favoritos escolhidos por voto popular. Clicando aqui você pode conferir o blog oficial da premiação e conhecer mais sobre esse mundo, os ganhadores e produtores de gifs.

Hoje, os gifs e memes continuam crescendo, e crescendo de verdade! Lojas começaram a lançar camisas com termos e imagens que viralizaram nas redes e até mesmo a Turma da Mônica entrou nessa brincadeira de viralizar no Twitter, que, visto isso, talvez não seja mais tão brincadeira assim. Fazendo uma análise, é possível observar que tudo isso esteja se tornando uma indústria e fonte de lucro, saindo do que pensávamos ser apenas uma diversão online.

É crucial entender como funciona todo esse maravilhoso mundo dos memes e gifs da internet se você vive nela constantemente. E quase todo mundo vive, né? Mesmo que cada um nas suas bolhas e nichos. Note que eles se modificam constantemente, variando de grupos em grupos e em 1 semana um meme que viralizou pode já se tornar irrelevante. Se você quer conhecer mais é só ficar de olho nas suas redes sociais. Aposto que tem um novo meme surgindo nesse momento.

2 comentários: